Dores nas articulações de cães, saiba como prevenir e tratar!

Problemas articulares acometem especialmente os cães de grande porte, como rottweilers, pastores alemães e labradores. Esses cães crescem muito e muito rápido e as articulações têm que aguentar todo o peso.

A chegada das baixas temperaturas favorece a sensibilidade das articulações, causando dor e desconforto principalmente nos animais idosos ou nos que já sofrem de artrite, artrose ou displasia coxo femoral.

A artrite é uma inflamação ou inchaço das articulações que causa dor quando o animal se move e em casos mais sérios, há dor até mesmo quando ele está parado. No caso da artrose, a doença é crônica. Quando a artrite alcança um estado mais avançado, ela passa por um processo degenerativo chamado de artrose, que causa irregularidades na primeira camada óssea, gerando muita dor no animal.

Embora não leve à morte, complicações nas articulações causam grande incômodo para o animal, que sente dores sempre que precisam se movimentar. Para identificar o problema o quanto antes, o dono deve prestar atenção no comportamento do animal. Os cães e gatos começam a mancar, além de ter dificuldades para brincar e se levantar.

Como prevenir?

No caso da artrite e artrose, é possível utilizar suplementos alimentares que têm como componentes a condroitina e glucosamina em raças predispostas a essas doenças, mesmo quando o animal ainda não apresenta nenhum sinal.

Ter um cuidado especial com o local que o animal dorme. Até mesmo para os animais que não sofrem de problemas articulares é recomendável manter a área de dormir o mais agradável e aconchegante possível.

Outro cuidado que deve ser tomado é em relação ao piso, o chão muito frio favorece o aparecimento das dores, além de dificultar a adesão das patas ao caminhar, piorando o quadro do animal e o piso não pode ser muito liso, para que ele não derrape e tenha firmeza ao andar.

pastor_alemao_d2

Tratamento

O Laboratório Biox do Brasil  indica como prevenção e tratamento o uso de CONDROITINA PET, esse suplemento alimentar age como regenerador da cartilagem, uma vez que são feitos à base de sulfato de condroitina substância que já faz parte da cartilagem articular, além de repor o sulfato de condroitina perdido durante os processos degenerativos.

 

É indicado como condroprotetor e auxiliar na terapia de artropatias não infecciosas e processos ósteo-articualares como: artroses, artrites, osteoartroses, osteodistrofias, condrodistrofias, osteocondroses, osteocondrites, sinovites, tenossinovites; coadjuvante em casos de fraturas e também como preventivo de doenças osteoarticulares. Indicado também para animais que são submetidos a exercícios constantes, grandes esforços ou em crescimento.

 

Recent Posts

Leave a Comment